quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Náutico demonstra apatia de rebaixado e perde de 3x0 para o São Paulo


Timbu está praticamente rebaixado. Foto: São Paulo Futebol Clube
O que esperar de uma equipe praticamente rebaixada na competição? A apatia? No caso do Náutico foi o que ocorreu nesta quarta-feira diante do São Paulo, no Morumbi, pela 29º rodada da Série A. O Timbu não demonstrou nenhum tipo de reação na partida e saiu derrotado por 3x0. O Alvirrubro foi um time sem espírito de luta contra um adversário com alguma motivação no campeonato. Ademílson, Ganso e Welliton anotaram para o Tricolor, que não encontrou dificuldades para criar suas principais jogadas em nenhum momento.
Na próxima rodada, o Náutico vai seguir a sua dolorosa caminhada para a Série B na partida contra o Santos, na Arena Pernambuco. O Timbu é o lanterna com 17 pontos. O São Paulo respira no Brasileirão com 37. Na rodada seguinte, encara o Bahia, em Salvador.

O JOGO - Para dizer que o Timbu não fez nada durante toda a partida, conseguiu uma finalização na cara de Rogério Ceni logo no início do confronto. Maikon Leite saiu de frente para o goleiro tricolor, que fez boa defesa. A partir daí o domínio foi quase todo do São Paulo. O Alvirrubro deixou a marcação muito atrás e deu o campo para os donos da casa tocarem a bola sem serem apertados. Faltou mais pegada ao Náutico.

Com todo esse espaço para jogar, foi comum ver o São Paulo na parte ofensiva durante boa parte do tempo. Além das facilidades para tocar, o time de Muricy Ramalho ainda pressionou a saída de bola do adversário. Logo, não é de se ficar surpreso com uma posse de bola acima de 60% por parte do São Paulo. O domínio, contudo, não foi refletido em gols logo no início. Os jogadores paulistas pecaram muito no último passe e desperdiçaram as oportunidades.

Ainda assim, o São Paulo conseguiu chegar ao seu gol - muito por causa da fragilidade do Náutico. Ademílson aproveitou sobra de bola na grande área e mandou para o fundo das redes alvirrubras aos 30 minutos do primeiro tempo.

O placar mais elástico começou a se desenhar na segunda etapa. O Náutico seguiu dando espaços e apenas assistiu ao decorrer da partida do São Paulo. Assistir também poderia ser a palavra para o zagueiros do Timbu no gol de Ganso aos 20 do segundo tempo. O meia dominou bola ainda na entrada da área e saiu driblando sem encontrar muitas dificuldades. Dentro da grande área teve apenas o trabalho de escolher o canto de Berna.

A facilidade foi tamanha que Welliton precisou de apenas um toque para deixar o seu a favor do São Paulo. O atleta tricolor mal entrou e já recebeu bola livre na grande área. Restou a ele chutar para o fundo das redes e comemorar.

Se o Náutico já não oferecia resistência com o placar igual, imagina perdendo de 3x0? Restou ao Timbu esperar o apito final do árbitro e lamentar mais uma derrota.
FICHA DA PARTIDA - SÃO PAULO 3X0 NÁUTICO

São Paulo: Rogério Ceni; Rodrigo Caio, Rafael Toloi e Edson Silva; Wellington, Maicon, Denilson (Fabrício), Ganso (Jadson) e Reinaldo; Ademilson e Aloísio (Welliton). Técnico: Muricy Ramalho.

Náutico: Ricardo Berna; Dadá (Auremir), Alison, William Alves e Bruno Collaço; Elicarlos, Martinez, Derley (Diego), Tiago Real e Peña (Jones Carioca); Maikon Leite. Técnico: Marcelo Martelotte.
Série A. Local: Estádio do Morumbi, São Paulo. Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha. Assistentes: Neuza Ines Back e João Patrício de Araújo. Gols: Ademílson (SP) aos 30 minutos do primeiro tempo; Ganso aos 20 e Welliton aos 28 do segundo. Amarelos: Denílson (SP), Peña (N), Tiago Real (N) e Rodrigo Caio (SP). Público: 14.929 pagantes. Renda: R$ 159.515.
Blog do torcedor

Nenhum comentário:

Postar um comentário