terça-feira, 22 de abril de 2014

Após estreia na Série A, foco do Sport se volta novamente para o Náutico

Estreando na Série A como treinador, Eduardo Baptista foi um misto de chateação e comemoração ao fim do empate com o Santos. Em meio a respostas ríspidas aos jornalistas paulistas que tentavam “intimidar” o técnico rubro-negro, Baptista afirmou que, por ora, a Série A ficará de lado. O foco, a partir de hoje, será total na decisão do Pernambucano.

Treinador rubro-negro não quer Leão só se defendendo na Arena Pernambuco (Paulo Paiva/DP/D.A Press )
Treinador rubro-negro não quer Leão só se defendendo na Arena Pernambuco
Para tanto, apesar de o Sport jogar pelo empate para ser campeão, o treinador não deverá repetir a estratégia utilizada contra o Santos. Mais do que se defender, o Leão vai sair para o jogo na Arena Pernambuco. “Se você entrar para empatar, você fatalmente irá perder. O Sport tem que jogar, se impor e ter a posse de bola. Marcar o Náutico, é claro. É um adversário difícil. Com certeza virá para cima. Mas tem que ter equilíbrio.”

Sobre a partida de ontem, Baptista preferiu deixar as polêmicas que giraram em torno do gol santista e comemorou o ponto trazido para o Recife. “É um ponto importante. Agredimos o adversário e fomos para cima. Um dos nossos objetivos era vir para Santos e conseguir pontos”, analisou.

O único fato que tirou a paciência do treinador, na verdade, foi um questionamento de um jornalista paulista, que insistia em dizer que o Leão foi com o pensamento de não perder para a Vila. “Eu não vim aqui para perder. Eu vim aqui para jogar futebol. É esse respeito pelo Sport que vocês aqui de São Paulo tem que ter”, desabafou.

Super Esportes

Nenhum comentário:

Postar um comentário