sábado, 12 de abril de 2014

Timbu vence o Salgueiro no tempo normal e nos pênaltis e está na final do PE2014

Torcida timbu foi em bom número à Arena e empurrou o time para a chegar à final do PE2014 (Paulo Paiva/DP/D.A.Press)
Torcida timbu foi em bom número à Arena e empurrou o time para a chegar à final do PE2014
O Náutico é o primeiro finalista do Pernambucano. Em novo jogo marcado pela angústia da torcida alvirrubra, o Timbu conseguiu reverter a vantagem do Salgueiro, levando a decisão da vaga para a disputa de pênaltis. E como havia feito no confronto com o Sergipe, o goleiro Alessandro voltou a ser o heroi da torcida alvirrubra, ao defender o pênalti de Valdeir e classificar o time à final.

Mesmo jogando com a vantagem do empate, o Salgueiro tentou surpreender o Náutico no início do confronto, adiantando sua primeira linha de marcadores e pressionando a saída de bola alvirrubra. A estratégia esteve bem perto de funcionar. Aos cinco minutos, o Carcará chegou a balançar a rede adversária em jogada de bola aérea, mas a arbitragem acusou o impedimento. O lance finalmente fez o Timbu acordar.

Alessandro foi novamente heroi timbu (Paulo Paiva/DP/D.A.Press)
Alessandro foi novamente heroi timbu
Mais atento e valorizando a posse de bola em detrimento dos passes em profundidade, o Náutico acabou encurralando o adversário em seu campo de defesa, explorando principalmente as jogadas pelas laterais. Diante da facilidade em chegar na área do Carcará, ficava a impressão de que a abertura do placar era uma questão de tempo. Entretanto, os alvirrubros desperdiçavam suas chances seguidamente, aumentando a ansiedade da torcida com o avançar dos minutos.

Como era de se esperar, o jogo ficou mais nervoso no segundo tempo. Apesar do começo promissor, com Leonardo obrigando Luciano a praticar uma linda defesa depois de cabeçada fulminante, os alvirrubros diminuíram drasticamente a intensidade do futebol apresentado. Cenário que só mudou com as primeiras mudanças promovidas por Lisca. Lesionado, Elicarlos deixou o campo aos 13 minutos, sendo substituído por Vinícius. Apesar dos apupos da torcida com a saída de Eli, a entrada de Vinícius mudaria a cara da partida.

Como Elicarlos estava atuando numa faixa mais adiantada do gramado, a troca por Vinícius deu mais movimentação ao setor. Com uma postura mais agressiva, o Timbu finalmente voltou a levar perigo à meta de Luciano. E aos 23, veio a recompensa. Depois de dominar a bola dentro da área com a perna direita, Vinícius teve tranquilidade para puxar para a esquerda e soltar a bomba, vencendo Luciano.

Ficha do jogo

Náutico
Alessandro; João Ananias (Jackson, aos 37’ do 2º T), Leonardo, Flávio e Raí; Elicarlos (Vinícius, aos 13’ do 2º T), Dê, Yuri e Zé Mário; Paulo Júnior (Geovane, aos 17’ do 2º T) e Marcelinho.
Técnico: Lisca.

Salgueiro
Luciano; Sidny (Rodolfo Potiguar, aos 48’ do 2º T), Aylton Alemão, Ranieri e Pery; Pio (Vitor Caicó, aos 30’ do 2º T), Moreilândia, Valdeir e Anderson Paraíba; Kanu e Everton (França, aos 20’ do 2º T).
Técnico: Cícero Monteiro.

Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata.
Árbitro: Emerson Sobral (PE).
Assistentes: Ricardo Chianca (PE) e Wlademir de Souza Lins (PE).
Gol: Vinícius (aos 23’ do 2ºT)
Cartões amarelos: França (Salgueiro).
Público: 16.502
Renda: não divulgado

Super Esportes

Nenhum comentário:

Postar um comentário